Em novas buscas, corpo de Paula Perin Portes não é localizado em Soledade


Polícia Civil e Bombeiros retomaram o trabalho nesta sexta-feira (7) na Margem São Bento, no interior de Soledade


SEGUNDO O PORTAL CLIC SOLEDADE, a força tarefa responsável por investigar o desaparecimento de Paula Chaiane Perin Portes realizou novas diligências nesta sexta-feira, 7/8. Polícia Civil e Corpo de Bombeiros retornaram a propriedade localizada na Margem São Bento, no interior de Soledade, para continuar as buscas, porém o corpo da jovem de 18 anos não foi localizado.


Cães farejadores ajudaram no trabalho, que foi feito às margens de um açude que fica na localidade, inclusive, o nível de água foi baixado em aproximadamente 2 metros, com propósito de auxiliar os investigadores. Segundo a delegada Fabiane Bittencourt, os policiais retornaram ao local pois se tinha indícios fortes que o corpo poderia estar nas imediações.


Ela acrescenta dizendo que o trabalho da polícia segue. “Não localizamos hoje, mas a investigação contínua e estamos trabalhando duro para encontrar a jovem. Não é um trabalho que está sendo fácil, mas tenho bastante esperança e fé. Estamos com a equipe de reforço trabalhando no caso, e a investigação está bem avançada”, assinala.


A delegada explica a razão de nesta nova diligência não ter feito buscas dentro do açude com participação de mergulhadores. “Não tinha indicativos que o corpo estivesse lá e sim enterrado às margens. Pedimos que baixasse a água para que pudéssemos fazer todo o perímetro do açude, que era o local onde se imaginava que ela estivesse”, pontua.


Completa esclarecendo que, se ela estivesse dentro do açude, segundo a informação técnica dos bombeiros. “O corpo já teria subido e não teria viabilidade de permanecer na água sem que se percebesse. Todas as informações estamos buscando embasamento técnico para que justamente não deixe de procurar e averiguar as possibilidades”, garante.


Fabiane Bittencourt observa que provavelmente nos próximos dias ou semanas outras diligências poderão ser realizadas. “Nada é descartado, onde todas as informações que recebemos vamos conferir. Ainda temos uma pessoa foragida e nesta semana tivemos diversas informações com relação a possíveis paradeiros”, adianta.


Na terça-feira, 4/8, a força tarefa já esteve realizando diligências e na oportunidade, em um açude que fica as margens da RS 332, mergulhadores do Corpo de Bombeiros encontraram a bolsa que Paula usava na noite, que estava submersa. Lá estavam os pertences pessoais da menina, como carteira de identidade, máscara, carregador de celular, entre outros artigos.


A jovem, que é natural de Fontoura Xavier, está desaparecida desde o dia 11 de junho, onde não foi mais vista após ir ao encontro de um menino, com quem conversava pela internet. Antes de desaparecer, ela estava morando com seu pai em Soledade há aproximadamente um mês. Cinco pessoas são apontadas como suspeitas de ter comedido o crime.


(Fotos: Maurício Orsolin / ClicSoledade)

Fonte CLIC SOLEDADE