BEBÊ VÍTIMA DE BALA PERDIDA  SE RECUPERA, OS MÉDICOS DAVAM 98% DE MORTE CEREBRAL PARA ELE

A  vida da família Boeira Pena virou do avesso na noite de 21 de agosto quando estavam dobrando a esquina de casa no bairro São Luiz Gonzaga, em Passo Fundo, no norte do Estado. A bordo de um Gol vermelho, o caçula Erick, de um ano e nove meses, foi atingido com um tiro na cabeça, quando estava no banco de traseiro, no colo da mãe. A Polícia Civil apurou que a família não era o alvo dos disparos. Após ficar uma semana entre vida e a morte no Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital São Vicente de Paulo e passar por duas cirurgias, o bebê foi para o quarto. Três semanas após ser vítima de uma bala perdida, o menino apresenta recuperação que até a equipe médica julgava improvável.